Como aparecer no Google Discover

Google Discover: o que é e como aproveitar melhor essa fonte valiosa de tráfego [Checklist prático]

Google Discover é uma fonte de tráfego de SEO bem diferente do clássico tráfego orgânico que conhecemos pela busca.

A dinâmica é inversa: ao invés dos usuários pesquisarem algo para encontrar seus conteúdos nos resultados de pesquisa, é o Google quem sugere conteúdos com base nos interesses de usuários.

Muitos sites ainda não exploram essa fonte, mas com certeza devem ficar de olho!

É uma oportunidade única e na qual o Google vem investindo bastante, prova disso é o lançamento do novo formato Google Web Stories que, apesar de não ser exclusivo do Discover, tem um destaque no Feed:

Web Story no Discover em destaque

Atualmente existem sites que tem como maior fonte de tráfego o discover! 

Google Web Stories são uma formato bem parecido com os stories do Instagram, mas feitos para a web! Saiba mais clicando aqui.

O público presente na plataforma é enorme e o Google já deixou claro que o feed veio para ficar, sendo uma ótima oportunidade.

As mesmas boas práticas de SEO se aplicam em conteúdos voltados para o Discover, porém há algumas particularidades, tanto de conteúdo, quanto técnicas, e vou explicar mais sobre neste artigo!

O que é e como funciona o Google Discover?

Print do feed do Google Discover

Google Discover é um feed do Google, onde são exibidos conteúdos únicos para cada usuário, com base em seus interesses.

A diferença do Discover para a busca normal, é que o Google tem um papel mais ativo no Discover, entendendo buscas prévias e comportamento do usuário, para então sugerir os melhores conteúdos.

Ou seja, o usuário não precisa fazer uma busca no Discover!

E onde fica esse tal de discover?

Provavelmente você já viu o Discover em algum local, mas nem reparou. Ele está disponível apenas em dispositivos mobile nos seguintes locais:

  • No próprio navegador do Google no celular (ao navegar para a pesquisa, você notará um feed abaixo da barra de busca):

Feed do Google Discover aparecendo no navegador do Google pelo celular

  • Pelo aplicativo do Google;
  • Em alguns dispositivos, ao deslizar para a direita na tela inicial

Feed do Google Discover direto em alguns dispositivos mobile ao lado da página principal, com um deslizar

O feed funciona como nas redes sociais, basta rolar para encontrar novos conteúdos. Além disso, é possível curtir os conteúdos, informar o Google se um conteúdo foi relevante ou não para você e compartilhar ele facilmente.

Você pode também gerenciar seus interesses no Discover, escolhendo sobre quais temas quer receber mais conteúdos manualmente.

Os conteúdos que costumam aparecer por lá são notícias e pautas quentes, mas, ainda sim, há vários conteúdos Evergreen (atemporais) que também são exibidos.

Quanto mais atualizados, recentes e relevantes são os conteúdos para o momento, maiores chances eles têm de aparecer no Discover.

Antes que pergunte, não, AMP não é um requisito para estar no Google Discover! Apesar de aparecerem com frequência, você não precisa ter uma versão AMP de suas páginas.

Por que produzir para o Discover?

Ainda não está 100% confiante no potencial do Discover? 

Então separei alguns motivos para você investir em conteúdo desse tipo:

  • Fonte de tráfego orgânico imediata: você não precisa esperar aqueles 10 anos até um conteúdo novo começar a ranquear, basta postar o conteúdo e no mesmo dia você pode ter vários acessos orgânicos;
  • Feed no qual o Google vem investindo bastante, ou seja, tem ganhado relevância e novos usuários;
  • Conquiste usuários fiéis a seus conteúdos, que podem seguir seu perfil e consumir os conteúdos sempre que disponíveis, consolidando uma fonte de tráfego constante para seu site;
  • Potencial alto de escalabilidade.
  • Benefício extra ao atualizar um conteúdo evergreen: a atualização de conteúdos com informações novas e relevantes pode potencializar não apenas sua posição, mas também seu tráfego do Discover.

Como fazer um bom conteúdo para Discover?

Sei que é muito clichê falar, mas quando pensamos no Discover, o foco do conteúdo deve ser totalmente centrado no usuário. 

Claro, isso é válido para todos conteúdos de SEO, mas no Discover esse fator é ainda mais relevante.

Não adianta encher o conteúdo de palavras-chave e, em muitos casos, você nem precisa fazer uma pesquisa minuciosa de keywords.

O Google reforça que você deve contar uma história com seu conteúdo e oferecer informações exclusivas, ou seja, não adianta ter um conteúdo no modelo padrão dos que já existem sobre o assunto, você precisa inovar, trazer informações diferentes e novas sobre o assunto, sobre as quais ninguém ainda falou!

Para te ajudar, separei um checklist com as principais perguntas que você deve fazer ao seu conteúdo, você pode vê-lo neste infográfico:

24 perguntas que você deve fazer ao seu conteúdo para potencializar seus resultados no discover.

Pensando no usuário

  • O conteúdo realmente atende às necessidades do público? 
  • Ele traz informações novas e interessantes sobre o tema abordado? conta uma história com essas informações?
  • É completo e, ao mesmo tempo, objetivo (entrega as informações que promete entregar)?
  • Se você lesse esse conteúdo, compartilharia com alguém?
  • O que eu tenho é diferente do que os concorrentes apresentam?

Formato de conteúdo no Discover

  • Tem imagem e títulos atrativos?
  • O título não tem a intenção de manipular o usuário para conseguir cliques? 
  • O título descreve bem o assunto abordado? 
  • O conteúdo tem imagens grandes e atrativas? 
  • As imagens tem o objetivo de atrair cliques? 
  • Tem oportunidade para inserir vídeos (vídeo é o formato de conteúdo preferido dos usuários, com certeza o Google não ignora isso ao avaliar se sua página é relevante para o usuário)?

Informações de confiabilidade e relevância para o Discover

  • O autor do conteúdo está especificado na página? (não vale colocar como autor “Time de redação” ou “Nome da marca”, o Google entende isso);
  • O conteúdo tem data de publicação e atualização especificadas na página?
  • A página tem informações para contato e suporte claras? 
  • Há informações como o nome da empresa responsável pelo site e pela gestão dos autores?
  • Há mais informações sobre o autor do conteúdo, como uma bio?

Temporalidade no Discover

  • O assunto abordado está em alta?
  • Meu conteúdo tem potencial de viralizar?
  • Se for uma notícia, é bem recente?
  • Se for um conteúdo Evergreen, como posso abordar temas em alta dentro dele?
  • Meu conteúdo é frequentemente atualizado?
  • Tenho uma frequência de publicação de conteúdos desse tipo no site? (manter a periodicidade é um fator importante para conquistar mais tráfego)

Especificações técnicas no Discover

  • As imagens têm mais de 1200px de largura? (precisam ter para aparecer como resultado de imagem grande no Discover, que atrai muito mais cliques);
  • meta robots do site está com a configuração “max-image-preview:large” ou tem versão AMP para permitir a exibição da imagem em tamanho grande?
  • A página é Mobile Friendly?
  • As imagens são responsivas, comprimidas e otimizadas, tem alt text?(alt=”” srcset=”” sizes=””>)
  • A página tem dados estruturados de :

            Article/NewsArticle/BlogPosting e Breadcrumb 

implementados corretamente? 

  • A página tem uma velocidade, no mínimo, mediana?
 

Se o seu conteúdo tem respostas positivas a todas as perguntas feitas anteriormente, ele tem boas chances de aparecer no Discover. 

MAS, vale ressaltar que, assim como todos conteúdos na busca, a autoridade da página também é considerada para definir se um conteúdo é relevante ou não para o usuário. 

Ou seja, não adianta ter todos os pontos citados acima bem alinhados no site, mas não investir no ganho de autoridade!

Como acompanhar os resultados no Discover?

Há diversas formas de acompanhar o tráfego de Discover, sendo a mais assertiva delas até o momento, pelo Google Search Console. 

Na ferramenta há um recurso chamado Discover, bem parecido com os resultados de pesquisa, porém sem a posição média e as palavras buscadas (afinal, no Discover não há uma posição fixa nem busca do usuário). 

Relatório de Discover do search console

As métricas que você pode ver por lá são: impressões, cliques e CTR

Como o Discover não tem posição, uma das principais métricas que gosto de acompanhar é o CTR.

Por que?

Mesmo seu conteúdo tendo muitas impressões, há vários conteúdos com temas bem parecidos no Discover, afinal, eles são escolhidos pelo Google com base no interesse do usuário, logo, é natural ter vários conteúdos sobre um mesmo tema.

Logo, o que faz a diferença mesmo são os elementos que atraem cliques e destacam seu conteúdo em meio a tantos.

E é aí que entram as principais otimizações que penso para Discover, depois de atender todos os requisitos citados:

  • Imagem: teste adicionar elementos na imagem que a tornem mais atrativa 
  • Título: faça promessas na title e as torne o mais chamativas possível
  • Descrição: descreva bem o conteúdo, mas não entregue tudo de uma vez, uma mistério na descrição e título não é errado, contanto que o conteúdo entregue o prometido

Outra ferramenta bem interessante para acompanhar o resultado de seus artigos em tempo real é o Realtime Content Insights.

 

Ferramenta do Google News Realtime Content Insights

A ferramenta é uma iniciativa do Google News,  e você pode usá-la através da integração com sua conta do Analytics. 

Ela tem várias métricas diferentes, que ajudam na análise específica de conteúdos quentes, principalmente notícias. 

Infelizmente, não é possível filtrar apenas pelos acessos do Discover por lá, mas, já dá para acompanhar mais de perto e em tempo real o desempenho de seus conteúdos, focando a análise em métricas de comportamento!

Algumas das métricas da ferramenta:

✔ Leitores em tempo real de cada artigo

✔ Diferenciação entre novos usuários (casual) e os que retornaram ao artigo (loyal)

✔ Recirculação dos artigos

✔ Acessos mobile vs desktop

✔ Velocidade da página

✔ Profundidade média do scroll na página (precisa configurar)

✔ ️Fontes de tráfego (direto, orgânico…)

✔ País, região e cidade das visitas

Para utilizá-la, basta acessar este link, conectar à sua conta do analytics e analisar os resultados!

Se este artigo te ajudou, compartilhe para ajudar outras pessoas 🙂

Aproveite também para ver os conteúdos sobre como se preparar para as Core Web Vitals, novo fator de ranqueamento do Google a partir de Maio de 2021.

Perguntas e respostas Google Discover

Em qualquer conteúdo do Discover, acesse os três pontos na parte inferior direita do conteúdo. Após, toque em “Gerenciar Interesses” e personalize seu Discover!

É um recurso do Google para incentivar o consumo de conteúdos relevantes e direcionar os usuários a conteúdos de sue interesse.

O Discover funciona com base no interesse do usuário, com se fosse um feed das redes sociais, mas com conteúdos da web!

Últimos Posts

Categorias e Autor